4 coisas que pessoas com Depressão Oculta fazem

Pessoas que sofrem de depressão, normalmente, são bem fáceis de diagnosticar: elas são mais apáticas, tristes e sombrias. Mas e as pessoas que não conseguimos identificar se sofrem de depressão? Elas podem ser extrovertidas e de boa companhia. Esse é o grande problema da “Depressão Oculta”, ou seja, algumas pessoas que sofrem desse transtorno conseguem disfarçar a situação real. Mas como identificar e como ajudar?

Aqui estão 4 situações típicas que podem ajudar a entender e diagnosticar que algo não está certo.

1.       Irritação e raiva – costumamos associar depressão com apatia, impotência, pensamentos melancólicos e tristeza. Mas há outros sintomas de depressão que muitas vezes passam despercebidos porque eles são simplesmente descartados, como as chamadas, explosões temporárias. A verdade é que explosões de raiva e irritabilidade são frequentemente manifestações de depressão. Essa pode ser uma forma de a pessoa expressar sua depressão.

2.       Hábitos alimentares fora do normal – Especialistas acreditam que pode haver uma forte ligação entre transtornos alimentares e depressão. Estas são duas doenças distintas, embora uma possa coduzir a outra, ou eles podem surgir simultaneamente. Muitas pessoas sofrem de distúrbios alimentares, que tem como causas: pressões da mídia, imagem corporal, exercício e depressão. Se você perceber que um ente querido tem alterações no apetite, tente falar com ele a respeito e orientá-lo a receber ajuda. A depressão oculta pode muito bem começar por aqui: no distúrbio alimentar.

3.       Falta de entusiasmo com coisas que gostava de fazer – A pessoa pode até afirmar que não está deprimida, mas se ela simplesmente não se importa mais com coisas que costumava e amava fazer, isso pode muito bem ser um sinal de que algo está errado.

4.       Problemas do sono – Queixas de que o sono diário não está sendo suficiente, pode ser um sinal de alerta. Estes problemas de sono podem ser apenas o sinal externo de uma causa mais profunda e mais preocupante como a ansiedade, letargia ou depressão. Os problemas do sono e depressão estão, muitas vezes, intimamente ligados. Vale sempre a pena sondar suavemente para descobrir a causa.

Como mencionado acima, as pessoas podem esconder ou fingir os sintomas de depressão. Muitas vezes, eles apenas mantem um segredo obscuro que não querem revelar. Além disso, há aqueles que têm uma imagem pública diferente de quando se encontram em momentos de privacidade. O desafio é olhar atento a possíveis sinais e auxiliar a pessoa a receber tratamento.